Fim da primeira fase! Bandeirante tem empate agridoce com o América e vai enfrentar o XV de Jaú nas oitavas!


Finalmente acabou a primeira fase. É claro que não terminou como a gente queria ter terminado (como primeiro no geral) mas acabou com um saldo muito positivo cujo tem um outro lado que vou explicar depois. Tem coisas que tem que ser mexidas para a próxima fase do campeonato se baseando muito nesse empate dificílimo contra o América de Rio Preto. 

Como acabamos metendo aquela goleada histórica no Araçatuba, não deu pra falar do onze inicial daquele jogo. Mas hoje tivemos alguns desfalques que fez o técnico André Alves mexer bastante no time. Gabriel Bahia saiu pra entrada de Fábio Júnior, Danillo Romão entrou no lugar de Claudevan, Vitinho no lugar de Mendes e João Vitor no lugar de Flávio. 

Eu não sei o que aconteceu, se foi relaxamento por causa da goleada em cima do AEA ou se foi ter poupado demais pra esse jogo (não que eu não discorde de poupar, afinal precisaríamos de carne fresca pras oitavas de final), mas a verdade é que no primeiro tempo o América foi melhor que o Bandeirante e veio com uma proposta totalmente diferente daquele 3 a 1 que metemos neles no Teixeirão. O Bandeirante do meio pra frente foi bem marcado no primeiro tempo por um time que precisava do resultado pra se classificar como um dos melhores terceiros e também como o grande Lincom disse na transmissão da TV Rádio BEC que faltou um meia de criação (o famoso camisa 10), enquanto que o Rubro chegou algumas vezes e só não fez o primeiro porquê Barbato trabalhou bem nesses 45 minutos. 

O segundo tempo foi dividido entre a melhora do time do Bandeirante e a atuação desastrosa da arbitragem da Pedronera. O Bandeirante no segundo tempo equilibrou as ações e chegou mais vezes à meta americana, mas mais uma vez mostrou aquela displicência que achamos que tinha sumido nos dois últimos jogos. Voltamos a perder muitas chances como perdemos no jogo contra o Tanabi fora de casa. Essas chances custaram muito caro porquê o São José foi buscar uma virada incrível contra o União Mogi e terminou com o primeiro lugar no geral. 

Agora, a Federação Paulista de Futebol tem que repensar um pouco o preparo dos seus árbitros, porquê é injustificável que ela trate assim árbitros como Jefferson Dutra Giroto que eu não vou dizer que foi um "roubo", mas ele quis aparecer mais que todo mundo e prejudicou demais o Bandeirante com alguns cartões exagerados, faltas não marcadas e no final do jogo, uma inacreditável marcação de lateral por um contragolpe do Bandeirante que a bola sequer (SE-QUER!) saiu. É apenas um aviso ao presidente Reinaldo Carneiro Bastos que trate melhor seus árbitros e melhore a didática porquê é como diz o nosso eterno presidente Silvio Passarelli: "se não tem o mínimo de trabalho e lisura de todos os lados, o juiz vem aqui pra te roubar". 

Pois bem, empate agridoce pro Bandeirante porquê além de não ter sido um resultado ruim porém poderiam ter feito muito mais contra um América que ao final de nada adiantou fazer a partida que fez porquê acabou sendo eliminado graças a vitória de 4 a 1 do Andradina sobre o Tanabi e os outros resultados dos outros grupos que tinha a briga dos terceiros lugares. 

Quis o destino do chaveamento por campanha que tivéssemos um velho "aliado" do Leão da Noroeste no caminho bandeirantino das oitavas de final. Tanto o XV de Jaú como a cidade de Jaú sempre trataram bem o Bandeirante com o passar dos anos, mas agora é rivalidade e a aliança ficará à parte. Um dos dois favoritos ao acesso e ao título vai dar adeus nesse domingo e na quarta-feira, primeiro no Zezinho Magalhães em Jaú e depois na Pedronera. 

E como eu disse no início do texto, por outro lado, não ter terminado em primeiro no geral vai fazer o Bandeirante entrar mais focado porquê não vai ter aquela pressão de ser o primeiro no geral igual foi com o Noroeste de Bauru uma divisão acima na Série A3 que foi disparadamente o time de melhor campanha no geral antes e depois da parada pra pandemia, mas que no mata-mata acabou fraquejando na hora que tem que mostrar porquê foi o líder geral e acabou ficando sem o acesso.

Vão ser dois jogos históricos contra o Galo da Comarca que todos nós não vamos perder de forma alguma. Agora faltam só seis batalhas rumo ao tão sonhado acesso. Que venham os mata-matas.

Pra cima deles Leão! Avante Bandeirante!


 

Comentários

  1. O leão está rugindo alto !!👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Brother, ótima análise daquilo que foi a partida aqui no PEDRÃO e no desempenho da equipe no campeonato até aqui...parabéns pelo trabalho de ter uma crônica relativa ao nosso Bec!!! Forte abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Motivos para achar que Bandeirante x Penapolense é um clássico maior do que muitos acreditam não ser.

Caiu o invicto! Bandeirante joga mal, perde a primeira no ano em Osvaldo Cruz e vai pro "tudo ou nada" na Pedronera quarta!

Não tá morto quem peleia! Bandeirante joga mal, perde pro Grêmio Prudente no Prudentão e outra vez apostará na Pedronera para conseguir o acesso!